PROJETOS

 

A inserção de Egressos do Sistema Prisional no Mercado Formal de Trabalho: Um olhar sobre o Projeto Regresso em Minas Gerais - 2016

A trajetória de vida de adolescentes e jovens envolvidos nos crimes de roubo e políticas de prevenção (FAPEMIG) - 2016

Análise Do Controle Penal Exercido Pela Monitoração Eletrônica No Estado De Minas Gerais (2013-2015) - 2016

Embeddedness delinquencial e a erosão do capital humano - 2015

Homicídios no Brasil - 2016

Mensurando o tempo do processo de homicídio doloso em Belo Horizonte: o que mudou em uma década? - 2015

Pensando a Segurança Pública - Edição Especial Homicídios - 2016

Pesquisa Nacional de Vitimização - 2010

Políticas Públicas de Segurança e Espaço Urbano - 2013

Qualidade de Vida, sofrimento psíquico e vitimização do trabalhador nas Instituições de Segurança Pública - 2016

Quem são, como vivem e com quem se relacionam os detentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte - 2014

Violência em Escolas e Programas de Prevenção: estudo dos possíveis impactos do programa Escola Viva Comunidade Ativa nas escolas estaduais de Minas Gerais - 2012

 

 


 

 

A inserção de Egressos do Sistema Prisional no Mercado Formal de Trabalho: Um olhar sobre o Projeto Regresso em Minas Gerais

Linha de Pesquisa: Avaliação e monitoramento de projetos e programas em Segurança Pública

Ano de início: 2016

Descrição: A proposta tem como objetivo avaliar o Programa Regresso implementado pela Secretaria Estadual de Defesa Social do Estado de Minas Gerais? SEDS-MG que visa à integração do egresso do sistema prisional no mercado formal de trabalho, por meio de parcerias estabelecidas pelo governo estadual e a iniciativa privada. A proposta se articula em quatro eixos de trabalho: Revisão da Literatura Nacional e Internacional sobre o tema, Análise do banco de dados secundários visando a análise do perfil do egresso absorvido pelo programa e sua trajetória dentro do mesmo, Entrevistas com egressos inseridos e fixados no mercado de trabalho por meio do programa por mais de 12 meses, Entrevistas com egressos inseridos no mercado de trabalho pelo programa com adesão inferior há 12 meses, Entrevistas com gestores do programa, Entrevistas com gestores de recursos humanos das empresas parceiras, Análise da rede de parcerias estabelecida pelo programa, Análise documental do programa. Com os resultados obtidos espera-se melhor compreensão do papel do trabalho no processo de ressocialização de egressos do sistema prisional e oferecer elementos para o aperfeiçoamento da do Programa de Egressos do Sistema Prisional do Estado de Minas Gerais.

Docentes Participantes: 

Profa. Dra. Andréa Maria Silveira (Coordenadora)

Participação Discente: 

Rafaelle Lopes Souza (Doutoranda)

Financiamento:

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa (FAPEMIG)

 

Voltar ao topo


 

 

A trajetória de vida de adolescentes e jovens envolvidos nos crimes de roubo e políticas de prevenção (FAPEMIG)

Linha de Pesquisa: Teoria Criminológica

Ano de início: 2016

Descrição: Esse projeto consiste na aplicação de teorias criminológicas do curso de vida para compreensão do fenômeno da delinquência juvenil, em particular, acerca das trajetórias dos jovens e adolescentes reincidentes no crime de roubo. A opção pela abordagem teórica e metodológica da criminologia do curso de vida permite compreender não apenas os fatores causais que explicam a entrada na atividade infracional, mas também, a sua permanência e a dificuldade de desistência uma vez nela ingressada. A primeira etapa consiste na análise quantitativa, ou seja, na descrição da atividade infracional de uma amostra de jovens e adolescentes judiciarizados. O objetivo será realizar uma análise exploratória para identificar padrões infracionais, como indicadores de níveis diferenciados de engajamento infracional. Na segunda etapa, serão analisados os termos de audiência, relatórios técnicos sobre a execução das medidas socioeducativas, laudos das equipes técnicas. Essa etapa é fundamental para a proposta da pesquisa, pois consiste na identificação da trajetória em três níveis de análise. Com essa pesquisa, buscaremos contribuir teórica e metodologicamente para o campo de pesquisa sobre delinquência juvenil no Brasil bem como capacitar e orientar alunos de graduação e mestrado envolvidos com o tema.

Docentes Participantes: 

Prof. Dr. Bráulio Figueiredo Alves da Silva (Coordenador)

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho

Participação Discente:

Rafael Paiva

Lucas Caetano

Financiamento:

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa (FAPEMIG)

 

Voltar ao topo


 

 

Análise Do Controle Penal Exercido Pela Monitoração Eletrônica No Estado De Minas Gerais 2013-2015

Linha de Pesquisa: Sistema de Segurança Pública e Justiça Criminal

Ano de início: 2016

Descrição: Avaliação do uso de tornozeleiras eletrônicas em Minas Gerais.

Docentes Participantes:

Profa. Dra. Andréa Maria Silveira (Coordenadora)

Participação Discente:

Rafaelle Lopes Souza (Doutoranda)

Financiamento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa (FAPEMIG)

 

Voltar ao topo


 

 

Embeddedness delinquencial e a erosão do capital humano

Linha de Pesquisa: Teoria Criminológica

Ano de início: 2015

Descrição: O objetivo desse projeto consiste na integração teórica da sociologia econômica com a criminologia. Para tal, consideramos a possibilidade de trabalharmos em uma terceira via teórica, situada entre comportamento individual-racional e comportamento estruturado socialmente. De acordo com Grannovetter (1985), a ação social está encarnada (embedded) em redes de interações, as quais constituem um processo social no qual não estão dados os indivíduos e as estruturas. Nesse sentido, o interacionismo de redes assume que o problema central é o processo social, a emergência das formações sociais e o modo como essas ganham ordem e racionalidade no mundo social. Nossa hipótese é que o construto que representa Embeddedness delinquencial tenha um efeito negativo sobre a satisfação escolar e, em outra direção, afete positivamente a probabilidade de se observar comportamento criminal. Em termos metodológicos, buscaremos usar modelos lineares generalizados a fim de testar as hipóteses.

Docentes Participantes:

Prof. Dr. Bráulio Figueiredo Alves da Silva (Coordenador)

Financiamento:

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa (FAPEMIG)

 

Voltar ao topo


 

 

Homicídios no Brasil

Linha de Pesquisa: Avaliação e monitoramento de projetos e programas em Segurança Pública

Ano de início: 2016

Sumário: Os homicídios constituem um problema amplo e grave no Brasil. Vários determinantes estão supostamente associados ao crescimento e à magnitude dos homicídios nos grandes centros urbanos: a baixa articulação e integração das organizações do sistema de segurança pública e justiça criminal, a fragilidade dos mecanismos de gestão, de bases de dados e dos sistemas de informação da segurança pública e justiça criminal, a ausência de monitoramento e avaliação das políticas públicas na redução dos homicídios e o desconhecimento das experiências nacionais bem sucedidas na redução dos homicídios.

O presente projeto teve dois objetivos principais. O primeiro deles busca descrever e analisar dos padrões temporais e espaciais dos homicídios no Brasil como um todo. O segundo volta-se para dois casos casos que, num dado momento, chamaram atenção nacional e internacional por terem obtido resultados positivos no controle dessa modalidade criminal. Especificamente, busca-se avaliar o impacto (análise comparativa quantitativa e qualitativa) das políticas públicas implementadas nos estados de Pernambuco e Minas Gerais,  respectivamente denominadas de “Pacto pela Vida” e “Fica Vivo!”.

Docentes Participantes:

Prof. Dr. Bráulio Figueiredo Alves da Silva (Coordenador)

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho

Prof. Dr. Bernardo Lanza

Participação Discente:

Diogo Alves Caminhas (Doutorando - DSO)

Fabiano Neves Alves Pereira (Doutorando CEDEPLAR)

Pedro Cisalpino (Doutorando CEDEPLAR)

Gabriela Gomes (Doutorando DSO)

Financiamento:

Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)

Relatório Final:

Veja aqui

 

Voltar ao topo


 

Mensurando o tempo do processo de homicídio doloso em Belo Horizonte: o que mudou em uma década?

Linha de Pesquisa: Sistema de Segurança Pública e Justiça Criminal

Ano de início: 2015

Descrição: A pesquisa pretende mensurar o tempo de processamento do homicídio doloso em Belo Horizonte na última década, problematizando o significado da duração da incriminação do ponto de vista sociológico. Para tanto, será consultada uma amostra de processos arquivados pelo Tribunal do Júri nos anos de 2004 e 2014. Com as informações sistematizadas na base de dados, será possível (1) mapear o fluxo de processamento dos crimes de homicídio doloso, identificando os gargalos mais comuns nas fases de investigação, denúncia e instrução; (2) calcular os tempos para cada etapa do processo e (3) sugerir iniciativas para a redução da duração excessiva do processo penal.

Docentes Participantes:

Profa. Dra. Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro (Coordenadora)

Participação Discente:

Sara Prado (graduada)

Nathália Silva Mourão (Graduanda)

Yolanda Campos Maia (Graduanda)

Renata Mauro (Graduanda)

Tiago Brito (Graduanda)

Financiamento:

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa (FAPEMIG)

 

Relatório Final:

Veja aqui

 

Voltar ao topo


 

Pensando a Segurança Pública - Edição Especial Homicídios

Linha de Pesquisa: Sistema de segurança pública e justiça criminal

Ano de início: 2016

Descrição: O objeto do projeto consiste no levantamento de dados qualitativos e quantitativos junto a rede governamental e não governamental responsável pela repressão e prevenção aos diferentes tipos de homicídios nos territórios dos municípios de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Governador Valadares, Juiz de Fora, Ribeirão das Neves, Uberlândia  (MG)  e  Campinas,  Guarulhos  e  São  Paulo  (SP), através  da  combinação  de abordagens metodológicas complementares.

Docentes Participantes:

Prof. Dr. Cláudio Chaves Beato Filho (Coordenador)

Profa. Dra. Ludmila Mendonça L. Ribeiro

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho

Dra. Valéria Cristina de Oliveira

Participação Discente:

Sara Prado (Graduada)

Yolanda Campos Maia (Graduanda)

Diogo Alves Caminhas (Doutorando)

Financiamento:

Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)

 

Voltar ao topo


 

Pesquisa Nacional de Vitimização

Linha de Pesquisa: Teoria Criminológica

Ano de início: 2010

Descrição: Realização, em parceria com o Ministério da Justiça e o Instituto de Pesquisas DATAFOLHA, de Pesquisa Nacional de Vitimização a partir de amostra de 78 mil questionários em todos os estados brasileiros.

Docentes Participantes:

Prof. Dr. Cláudio Chaves Beato Filho (Coordenador)

Prof. Dr. Bráulio Figueiredo Alves da Silva

Profa. Dra. Ludmila Mendonça L. Ribeiro

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho

Dr. Luís Felipe Zilli do Nascimento

Dra. Valéria Cristina de Oliveira

Financiamento:

Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)

 

Voltar ao topo


 

Políticas Públicas de Segurança e Espaço Urbano

Linha de Pesquisa: Avaliação e monitoramento de projetos e programas em Segurança Pública

Ano de início: 2013

Descrição: Consolidação de um programa de pesquisas e atividades de ensino e extensão centrados no desenvolvimento, gestão e avaliação de políticas de segurança pública. De modo geral, este programa se articulará em torno de dimensões centrais para a formulação e implementação de políticas em segurança pública, a saber: (1) identificação e diagnóstico de problemas de segurança pública da população, especialmente a jovem; (2) análise e modelagem de problemas de criminalidade e violência; (3) aspectos práticos de implementação de políticas públicas de enfrentamento a esses problemas; (4) modelos de avaliação de políticas públicas. A ideia é que todos estes eixos incorporem elementos espaciais e ambientais para a compreensão, desenho e gestão das políticas de segurança pública.

Docentes Participantes:

Prof. Dr. Cláudio Chaves Beato Filho (Coordenador)

Prof. Dr. Bráulio Figueiredo Alves da Silva

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho

Participação Discente:

Fabiano Neves Alves Pereira (Doutorando)

Financiamento:

Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)

 

Voltar ao topo


 

Qualidade de Vida, sofrimento psíquico e vitimização do trabalhador nas Instituições de Segurança Pública

Linha de Pesquisa: Avaliação e monitoramento de projetos e programas em Segurança Pública

Ano de início: 2016

Descrição: Revisão bibliográfica sobre o tema e apreensão da percepção de principais atores das instituições de segurança pública dos estados da região sudeste sobre o tema.

Docentes Participantes:

Profa. Dra. Andréa Maria Silveira (Coordenadora)

Participação Discente:

Rafaelle Lopes Souza (Doutoranda)

Luiza Meira Bastos

Graziella Lage Oliveira

Rafaelle Lopes Souza

Cristiana da Silva Diniz

Financiamento:

Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP)

 

Voltar ao topo


 

 

Quem são, como vivem e com quem se relacionam os detentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Linha de Pesquisa: Sistema de Segurança Pública e Justiça Criminal

Ano de início: 2014

Descrição: A proposta desta pesquisa é realizar entrevistas semiestruturadas e um survey com indivíduos privados de liberdade, encarcerados em unidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com isso, espera-se atualizar os estudos pioneiros sobre o tema compreendendo quem são os detentos, como vivem e, em que medida, a privação da liberdade fortalece as redes de organização criminosa na localidade, tal como verificado atualmente em São Paulo.

Docentes Participantes:

Profa. Dra. Ludmila Mendonça Lopes Ribeiro (Coordenadora)

Participação Discente:

Daniel Carnaval (Mestrando)

Victor Neiva e Oliveira (Doutorando)

Rafael Posada (Doutorando)

Luiza Meire Bastos (Mestre)

Financiamento:

CNPq (Edital Universal 2013)

 

Voltar ao topo


 

 

Violência em Escolas e Programas de Prevenção: estudo dos possíveis impactos do programa Escola Viva Comunidade Ativa nas escolas estaduais de Minas Gerais

Linha de Pesquisa: Avaliação e monitoramento de projetos e programas em Segurança Pública

Ano de início: 2012

Descrição: Pesquisa sobre o fenômeno da violência nos ambientes escolares em Minas Gerais.

Docentes Participantes:

Claudio Chaves Beato Filho (Coordenador)

Prof. Dr. Frederico Couto Marinho – Integrante

Dr. Felipe Zilli

Participação Discente:

Vinícius Assis Couto (Doutorando)

Luiza Meira (Mestre)

Financiamento:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

 

Voltar ao topo