Foi disponibilizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJ) mais um Relatório de Pesquisa da série “Pensando a Segurança Pública - Edição Especial Homicídios”.

O documento em questão tem como objetivo identificar, quanti e qualitativamente, os principais fatores de risco e as características dos homicídios ocorridos em alguns municípios de Minas Gerais e de São Paulo com grande concentração percentual de mortes violentas, quais sejam, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Governador Valadares, Juiz de Fora, Uberlândia, Ribeirão das Neves, Campinas, Guarulhos e São Paulo. A finalidade do diagnóstico é fornecer subsídios para o desenvolvimento de ações por parte do Governo Federal nessas localidades, possibilitando a identificação das intervenções prioritárias.

Este projeto foi executado por três equipes de pesquisadores, responsáveis por grupos de municípios distintos. Os profissionais ligados ao Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública da Universidade Federal de Minas Gerais (CRISP/UFMG) foram responsáveis pela investigação nos municípios de Belo Horizonte, Betim, Contagem e Ribeirão das Neves, além da coordenação geral da pesquisa. Os ligados ao Núcleo de Estudos em Segurança Pública da Fundação João Pinheiro (NESP/FJP) responsabilizaram-se pelos municípios de Governador Valadares, Juiz de Fora e Uberlândia. E por fim, os pesquisadores do Instituto Sou da Paz (ISDP) foram responsáveis pelas cidades de Campinas, de Guarulhos e de São Paulo.

Para acesso ao documento completo:

Veja aqui