É com grande prazer que anunciamos o do relatório de nossa pesquisa “Audiências de Custódia em Belo Horizonte: um panorama”, resultado do trabalho realizado em parceria com o Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD).

Lançado em fevereiro de 2015, o projeto Audiências de Custódia tem como objetivo garantir a apresentação de pessoas presas em flagrante a um juiz que decidirá sobre a manutenção ou não de sua prisão. O relatório que divulgamos hoje teve o intuito apresentar a dinâmica das audiências, bem como os dados provenientes das observações feitas ao longo do trabalho de campo realizado entre setembro de 2015 a março de 2016.

Boa leitura!

Relatório da Pesquisa:

Veja aqui